Sexta, 20 Fevereiro 2015 22:00

Ferramentas Visuais na Educação

educacao-quadroA tecnologia e internet provocaram uma revolução na comunicação e no mundo dos negócios. O modelo de educação está atravessando uma das maiores transformações já vistas.

Com alunos conectados em tablets e smartphones é um desafio constante para o professor manter a atenção dos alunos.

Felizmente, a tecnologia também traz novidades e ferramentas que permitem tornar as aulas mais dinâmicas e interativas. A boa notícia é que a maioria são gratuitas e fáceis de aprender.

Apresentações

O antigo quadro negro (ou branco) está sendo substituído por outras alternativas digitais, porém quadros interativos podem ser um investimento alto para ser implantado em todas as salas de aula. Porém, o Prezi é uma ferramenta de apresentações lançada em 2009 e que já é adotada por milhões de pessoas em todo mundo.

logo-preziO Prezi utiliza o conceito de ZOOM para criar apresentações como se fosse o Google Maps, ou seja, os principais tópicos são como os continentes e são representados por imagens maiores e os tópicos secundários são como países e cidades.

Ele funciona como uma grande mesa em branco onde até 10 pessoas podem colaborar tem tempo real. Ele permite que a apresentação seja feita remotamente para até 30 pessoas.

Veja mais: prezi.sbap.com.br/o-que-e-prezi

logo-emazeO Emaze também é uma ferramenta de apresentações, porém ainda utiliza o conceito linear como o PowerPoint. Os grandes diferenciais do Emaze são:

  • Tradução automática para outros idiomas através do Tradutor do Google – Ele é integrado do tradutor do Google e uma aula feita em Emaze pode ser traduzida para dezenas de idiomas com apenas um clique.
  • Templates incríveis – O Emaze possui uma gama de modelos de apresentações prontos que facilita bastante o trabalho de elaboração da aula.
  • Facilidade de importação do PPT – A importação do PPT para o Emaze é bem simples e rápida. Com alguns ajustes, você terá sua aula no Emaze.

Visitar – www.emaze.com

Mapas mentais

Quando eu era estudante na Escola Técnica Federal da Bahia (sou um legítimo japonês baiano), lembro que eu copiava toda matéria que o professor passava no quadro negro e depois passava a limpo em casa. Até hoje, as pessoas ainda fazem anotações lineares em cadernos com linhas. O mapa mental é uma forma de anotar, estudar e planejar não linear cujos elementos essenciais são:

  • Colocar a ideia principal no meio de um papel em branco na posição paisagem
  • As ideias secundárias são colocadas em ramos que partem da ideia central
  • Devem ser usadas canetas coloridas para destacar diferentes informações
  • Usar ramos curvilíneos
  • Uso de imagens para facilitar a memorização
  • Palavras-chave – Não anotar parágrafos inteiros, apenas as palavras mais importantes

Duas ferramentas de mapa mental se destacam para o ambiente de ensino: O MindMeister e o iMindMap.

logo-mindmeisterO MindMeister é minha ferramenta preferida, pois é simples de usar e posso compartilhar o mapa para colaboração com qualquer pessoa enviando um link. Seu visual é mais simples, mas ele também possui recursos de fazer uma apresentação e o histórico permite visualizar em uma linha do tempo como o mapa mental foi montado.

Visitar – www.mindmeister.com

logo-imindmapO iMindMap foi criado pelo próprio Tony Buzan que é o idealizador da técnica de mapa mental.

Ele é um software que deve ser instalado em seu computador e não tem opção de edição online, porém os mapas mentais podem ser sincronizados com uma área nas nuvens e acessados de qualquer computador.

As principais vantagens do iMindMap são:

  • Visual mais elegante com opções de imagens, cores e ramos curvilíneos.
  • No modo de apresentação é possível apresentar as ideias na sequência desejada sem a necessidade de passar as informações para o PowerPoint ou outra ferramenta de apresentações.

Visitar – http://thinkbuzan.com

Existem dezenas de outras ferramentas visuais que podem ser aplicadas na educação. O Prezi/Emaze e o MindMeister/iMindMap formam um grupo que atende perfeitamente a necessidade de professores que querem se tornar mais digitais e cativar a atenção de seus alunos. Este talvez seja o maior desafio não apenas das escolas, mas também das empresas: Conquistar a atenção das pessoas.

Veja o curso online - http://www.ferramentasvisuais.com.br

Para fechar este artigo, quero apresentar uma ferramenta incrível que permite qualquer pessoas criar histórias online, inclusive crianças pequenas (e grandes), o Storybird.com.

storybird

O Storybird permite criar histórias visuais através centenas de ilustrações incríveis. Meu filho de 5 anos criou algumas histórias e se divertiu muito. O mais importante aprendemos juntos!

Visite http://www.storybird.com

A arte de contar histórias é antiga, mas contar histórias de forma visual pode ser uma das mais poderosas ferramentas visuais para o professor.

Leia mais sobre Storytelling:

http://marciookabe.com.br/storytelling/o-que-e-storytelling/